• Nevus são pequenos tumores benignos, que parecem “pintas” na esclera (parte branca do olho) ou no fundo do olho (só visível ao oftalmologista no exame de fundo de olho).
  • Na grande maioria das vezes os nevus são benignos e crescem um pouco durante a adolescência e permanecem estáveis pelo resto da vida. Porém um pequeno número de nevus (7%) pode crescer e dar origem a tumores.
  • Portanto, os pacientes com nevus devem ser examinados anualmente, para garantir que não haja crescimento.
  • O acompanhamento se faz através da documentação fotográfica do nevus, ou solicita um ultra-som para documentar o tamanho do nevus e comparar nos próximos exames.
  • Às vezes outros exames como OCT ou angiofluoresceinografia também são necessários.
  • No caso de crescimento existe risco de transformação maligna, a avaliação com o oncologista ocular é fundamental e pode ser necessário tratamento radioterápico ou cirúrgico.
CMBR
HOBR
DAY
hospital_olhorodape_15
BEIRARIO
GASTROS